domingo, 19 de março de 2017

Iniciados do Sertanense são campeões distritais



A equipa de iniciados do Sertanense sagrou-se campeã distrital da Associação de Futebol de Castelo Branco na sua categoria. Os jovens da Sertã efectuaram uma prova absolutamente soberba, só perdendo um jogo ao longo das duas fases em que se dividiu esta competição e somando 15 vitórias nos restantes 15 jogos.
É difícil encontrar argumentos para caracterizar a época dos iniciados sertaginenses. Na primeira fase, somaram 21 pontos, equivalentes a sete vitórias e uma derrota, tendo marcado 32 golos e sofrido oito. A única derrota foi diante da A.D. Estação.
Na fase de apuramento do campeão, oito vitórias em oito jogos realizados – o domínio dos jovens da Sertã foi absoluto. Marcaram 36 golos e sofreram quatro.
A equipa, orientada por Henrique Azevedo, está de parabéns. Uma palavra de apreço a todos os jogadores, técnicos, dirigentes e familiares dos jogadores por mais esta grande conquista do Sertanense. 

sexta-feira, 17 de março de 2017

5.ª jornada da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E): Sertanense 0-0 Gafetense



O Sertanense cedeu uma igualdade a zero na recepção ao Gafetense, desperdiçando assim dois valiosos pontos na luta pela manutenção. A equipa orientada por Gonçalo Monteiro mantém, todavia, a quarta posição na fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E), somando actualmente 14 pontos
Numa partida em que o Sertanense teve sempre o controlo das operações, a formação da Sertã só se pode queixar da ineficácia dos seus jogadores para não ter logrado outro resultado. Foram várias as oportunidades desperdiçadas ao longo dos noventa minutos, havendo também a registar algumas boas intervenções do guardião da equipa que viajou de Gáfete.
Por seu lado, o conjunto do Gafetense trazia a lição bem estudada – aguentar o mais possível o já esperado caudal ofensivo do Sertanense e depois aproveitar para surpreender em rápidos contra-ataques. O perigo ainda rondou, algumas vezes, a baliza de Ravi Paschoa, mas a defensiva sertaginense resolveu bem as situações que teve pela frente.
No próximo fim-de-semana, a formação sertaginense desloca-se ao terreno do último classificado nesta fase, o Ginásio de Alcobaça.

Ficha de jogo

Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos
Árbitro: Tiago Pinto (Porto)
Sertanense: Ravi Paschoa, Tito Júnior, Rúben Freire, Danilson, Kelvin, Sérgio Uolu, André Romão, Angola, Mauro, Vítor Martelo (Neymar Canhembe, 74’) e Ká
Gafetense: Fernando Júnior, Guilherme Manso, Miguel Silva, Elton Tavares, Vladimir, Diogo Fernandes, David Lourenço, Cláudio Carvalho (Yuran, 59’), Fred, Ivo Braz (Duarte Borralho, 70’) e Igor Taborda (Edmilson Viegas, 89’)

segunda-feira, 13 de março de 2017

Angrense-Sertanense na RTP Açores

video

A RTP Açores emitiu, no passado fim-de-semana, a reportagem do jogo entre o Angrense e o Sertanense, a contar para a quarta jornada da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E). Os sertaginenses venceram e aqui fica a reportagem desse jogo, feita por jornalistas do programa Teledesporto.

sexta-feira, 10 de março de 2017

Tiago Sousa assinou pelo Sporting


O jovem Tiago Sousa, que alinha na equipa de iniciados do Sertanense, assinou contrato com o Sporting Clube de Portugal, válido a partir da próxima época.
O jogador, que é filho de um antigo futebolista do Sertanense (Carlitos), tem dado nas vistas na formação sertaginense e vai agora rumar à equipa leonina.
Recorde-se que, no ano passado, Tiago Sousa foi eleito o melhor jogador de futebol 7 a alinhar no Sertanense.
Ao jogador, aqui ficam os nossos parabéns, com votos de grande sucesso para o futuro.

quarta-feira, 8 de março de 2017

4.ª jornada da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio: Angrense 1-2 Sertanense



O Sertanense obteve o seu primeiro triunfo na fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E), ao vencer no terreno do Angrense. Este resultado permitiu aos comandados de Gonçalo Monteiro manter a quarta posição na prova, somando agora 13 pontos.
Num desafio realizado em Angra do Heroísmo, a formação do Sertanense colocou-se cedo em vantagem, na sequência de um golo apontado, aos 9’, por Grinood.
O jogo esteve sempre controlado pela equipa da Sertã, que quase no fim do jogo ampliou a vantagem, por intermédio de Ká.
Já em tempo de compensação, o Angrense reduziu o resultado, com um golo de Vítor Miranda.
No próximo fim-de-semana, o Sertanense recebe o Gafetense, que ocupa actualmente a sexta posição, com nove pontos.

Ficha de jogo

Campo Municipal de Angra do Heroísmo
Árbitro: Rui Rodrigues (Lisboa)
Angrense: Filipe Soares, Diogo Silva, Rúben Miranda, Ivan (Jordanes, 75’), Miguel Oliveira, João Borges, Vítor Miranda, Tiago Macedo, Pedro Aguiar, Nuno Graxinha (Rui Silveira, 70’) e Marco Aurélio (Wilson, 60’)
Sertanense: Ravi Paschoa, Tito Júnior, Danilson, Sérgio Uolu, Rúben Freire, André Romão, Kelvin, Mauro (Neymar Canhembe, 88’), Angola, Vítor Martelo (Ká, 24’) e Grinood (Pedro Machado, 79’)
Golos: Grinood (9’), Ká (85’) e Vítor Miranda (85’)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

3.ª jornada da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E): Sertanense 1-1 Benfica Castelo Branco



O Sertanense cedeu um empate (1-1) diante do Benfica de Castelo Branco, em partida terceira jornada da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E). A formação sertaginense mantém, ainda assim, o quarto lugar, somando actualmente 10 pontos.
Numa primeira parte bem disputada e com um ritmo vivo, as duas equipas proporcionaram um excelente jogo de futebol, com ocasiões de parte a parte para abrir o activo. Numa dessas oportunidades, o Sertanense colocou-se em vantagem, na sequência de um pontapé de canto marcado da direita, a que Angola correspondeu com um excelente golpe de cabeça.

A equipa da Sertã ficou por cima e podia ter ampliado o resultado em cima do intervalo, quando numa jogada de insistência Grinood cruzou da esquerda e Mauro quase em cima da linha de golo não conseguiu dar o melhor seguimento ao esférico.
Na segunda parte, os albicastrenses entraram mais pressionantes e dispuseram de duas ocasiões soberanas para marcar. Em ambas as oportunidades, o guardião do Sertanense Ravi Paschoa evitou o golo, com defesas de grande nível.
As alterações produzidas pelo técnico Gonçalo Monteiro ajudaram a equilibrar o jogo e o Sertanense passou a controlar melhor o meio campo e a aparecer com perigo no último reduto do adversário.
Porém e já nos instantes finais, quando nada o fazia prever, o Benfica de Castelo Branco conseguiu igualar a partida, num lance rápido pela direita, que culminou com um cruzamento para a cabeça de Benny, que introduziu o esférico nas redes do conjunto da Zona do Pinhal.
No próximo fim-de-semana, o Sertanense desloca-se ao terreno do Angrense, actual sétimo classificado desta competição.

Ficha de jogo

Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos
Árbitro: Carlos Espadinha (Portalegre)
Sertanense: Ravi Paschoa, Tito Júnior, Danilson, Sérgui Uolu, André Romão (Neymar Canhembe, 59’), Rúben Freire, Kelvin, Vítor Martelo, Mauro, Angola (Ká, 62’) e Grinood
Benfica de Castelo Branco: Miguel Lázaro, André Cunha, Tomás, Edgar, Benny, Patas Moreno, Dani Matos, Rúben Nogueira, João Ventura (Fábio Pais, 89’), Adriano Castanheira (Eduardo Passos, 72’) e Pedro Almeida (Ricardo Pires, 59’)
Golos: Angola (37’) e Benny (90’)