segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

2.ª eliminatória da Taça de Portugal: Benfica Castelo Branco 0-0 (5-4gp) Sertanense



A lotaria das grandes penalidades afastou o Sertanense da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. No desafio disputado ontem, em Castelo Branco, o Benfica local foi mais feliz neste meio de desempate e segue em frente na competição.
Depois de 120 minutos sem golos para ambos os lados, o jogo entre o Benfica de Castelo Branco e o Sertanense só ficou resolvido nos penaltys. O conjunto albicastrense converteu as cinco grandes penalidades, ao passo que a equipa que viajou da Sertã marcou em quatro das cinco ocasiões.
Ainda assim, aqui ficam os nossos parabéns para a formação sertaginense, que mais uma vez saiu de cabeça erguida da Taça de Portugal. No próximo fim-de-semana, regressa o Campeonato Nacional de Seniores, com o Sertanense a deslocar-se ao terreno do Mafra, actual segundo classificado da Série F.

Ficha de jogo

Estádio Municipal Vale do Romeiro (Castelo Branco)
Árbitro: Luís Catita (Évora)
Benfica Castelo Branco: Nuno Hidalgo, André Cunha, Tomás (Ricardo Barros, 68’), Hugo Simões, Ragner (Filipe Fernandes, 90’), João Job, Fábio Marinheiro, Fábio Santos, Marocas, Telmo (Sebastien, 105’) e Dani Matos  
Sertanense: Gustavo, Ricardo Carvalho, Galvão, Bruno Grou (Zé Miguel, 74’), Issouf, Ibrahim, Fred, Leandro, Bissourou Touré (Aryson, 105’), Ivan e Viafara (Lucas, 66’)

Foto: Benfica Castelo Branco (Facebook)

segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

4.ª jornada do Nacional de Seniores (Série F): Sertanense 1-0 Riachense



Numa tarde marcada por um verdadeiro dilúvio na vila da Sertã, o jogo que opôs Sertanense e Riachense teve diversas peripécias, tendo sido mesmo interrompido por duas vezes devido à forte queda de chuva e de granizo no Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos. Apesar dos contratempos, a formação sertaginense conseguiu derrotar (1-0) o conjunto que viajou de Riachos.
O início da partida mostrou logo ao que vinham as duas equipas: o Sertanense procurava a vitória e o Riachense sonhava com a conquista do seu primeiro ponto no campeonato. A equipa de Sérgio Gaminha dominou os primeiros minutos e encostou a turma visitante à sua área.
O domínio exercido resultou em algumas oportunidades para o Sertanense, não aproveitadas pela sua linha ofensiva. O Riachense tentava repor o equilíbrio a meio-campo, ao mesmo tempo que ensaiava contra-ataques rápidos, quase sempre sem grandes consequências.
O pendor ofensivo dos sertaginenses haveria de produzir resultados à passagem do minuto 28: Mineiro colocou a bola nos pés de Leandro, que se desmarcou com classe e só com o guardião contrário pela frente colocou a bola no fundo das redes.   
Até ao final da primeira parte, o Sertanense manteve o controlo das operações. No reatamento, as condições climatéricas pioraram e o jogo teve de ser interrompido ao fim de oito minutos. A queda de granizo tornava-se uma ameaça à integridade física dos jogadores. Dez minutos depois, a partida foi reatada mas o estado do terreno (devido à chuva constante que caia) levou o árbitro Jorge Faustino a suspender novamente o desafio.
O jogo só seria reatado cerca de quinze minutos depois. A água que se acumulou no relvado não permitia grandes lances, mas os jogadores (verdadeiros heróis) lá foram conseguindo ultrapassar as dificuldades e até ao final ainda houve tempo para algumas oportunidades: o Sertanense desperdiçou uma excelente oportunidade já perto do fim, com o guardião do Riachense a impedir com uma grande defesa um golo quase certo.
Ao cair do pano, o Riachense teve a sua melhor oportunidade, com o esférico a ser mesmo enviado para o fundo das redes de Gustavo, mas o lance acabou por ser invalidado devido a um fora-de-jogo assinalado pela equipa de arbitragem.
No próximo fim-de-semana, o Sertanense joga a segunda eliminatória da Taça de Portugal, tendo o sorteio ditado uma deslocação ao terreno do Benfica de Castelo Branco.

Ficha de jogo

Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos
Árbitro: Jorge Faustino (Leiria)
Sertanense: Gustavo, Mauro, Mineiro, Issouf, Bruno Cardoso, Leandro, Bissourou Touré (Rúben Nogueira, 72’), Fred, Ivan (Bruno Grou, 80’), Zé Miguel (Lucas, 60’) e Viafara
Riachense: Telmo, Pedro Galrinho, Saúl, João Alves, Gonçalo, Carioca (Sandro Gomes, 24’), Bernardo Jorge (Miguel Séninho, 70’), Natalino, Mauro, Bruno Lemos e Jardel (Júlio, 60’)
Golo: Leandro (28’)

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

3.ª jornada do Nacional de Seniores: Caldas 1-1 Sertanense



O Sertanense arrancou um empate (1-1) na deslocação ao terreno do Caldas, em partida a contar para a terceira jornada do Campeonato Nacional de Seniores (Série F).
Num desafio em que a formação da Sertã rubricou uma boa exibição, podendo queixar-se do trabalho do árbitro (o Sertanense terminou o jogo com apenas oito jogadores), o empate acaba por ser um prémio para os jogadores da Zona do Pinhal.
O Caldas foi a primeira equipa a marcar, por intermédio de João Rodrigues, à passagem da meia hora de jogo. Três minutos depois, os sertaginenses chegaram à igualdade, com Leandro a converter, da melhor forma, uma grande penalidade.
Na segunda parte, o árbitro Hugo Silva, com um critério disciplinar pouco perceptível, expulsou quatro jogadores (um do Caldas e três do Sertanense) e acabou por condicionar o desafio.
No próximo fim-de-semana, o Sertanense recebe a formação do Riachense.

Ficha de jogo

Campo da Mata (Caldas da Rainha)
Árbitro: Hugo Silva (Santarém)
Caldas: Luís Paulo, Juvenal, Thomas Militão, Rui Almeida, Danny Rafael (Ricardo Espírito Santo, 86’), André Santos, Paulo Inácio, André Simões (Diogo Clemente, 45’), Telmo (Luís Farinha, 77’), Fábio Sabino e João Rodrigues
Sertanense: Gustavo, Bruno Cardoso (Ibrahim, 58’), Mauro, Ricardo Carvalho, Galvão, Laendro, Fred, Zé Miguel, Bissourou Touré (Ruben Nogueira, 85’), Bruno Grou e Viafara (Ivan, 58’)
Golos: João Rodrigues (30’) e Leandro (33’)

Foto por gentileza do Caldas Sport Clube (facebook)

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Benfica de Castelo Branco e Sertanense encontram-se na Taça de Portugal



O Benfica de Castelo Branco é o próximo adversário do Sertanense na Taça de Portugal. No sorteio, decorrido esta manhã, o emblema sertaginense ficou a saber que terá de se deslocar a Castelo Branco, para defrontar o Benfica local, num jogo marcado para o dia 28 de Setembro.
Trata-se de um reencontro entre dois velhos conhecidos, naquele que é já um dos grandes derbies do futebol distrital albicastrense.