terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

1.ª jornada da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E): Sertanense 0-0 Lusitância



O Sertanense cedeu um empate (0-0) em casa diante do Lusitânia dos Açores. Em partida inaugural da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E), os sertaginenses só se podem queixar de si por terem deixado fugir os três pontos.
Numa primeira parte em que o ‘sinal mais’ pertenceu sempre ao Sertanense, os comandados de Gonçalo Monteiro dispuseram de algumas oportunidades para abrir o activo, mas a falta de pontaria inviabilizou tal desiderato.
Na segunda parte, a tendência do jogo manteve-se: o Sertanense ia somando ataques (a maior parte inconsequentes) e os açorianos tentavam gizar jogadas de contra-ataque que morriam na bem arrumada defesa dos homens da casa.

A entrada de Angola e Vítor Martelo deu um ‘safanão’ nos sertaginenses, que a partir daí dispuseram de várias oportunidades flagrantes para marcar: por três vezes, Ká esteve à beira do golo. Na retina, ficou ainda uma grande ‘parada’ do guarda-redes visitante a negar que a bola entrasse dentro da baliza.
O Lusitânia aproveitou este balanceamento ofensivo do Sertanense para lançar alguns contra-ataques venenosos, que poderiam ter também desfeito o empater: Ravi com uma grande intervenção evitou males maiores e noutra ocasião foi a barra a devolver a bola.
No próximo fim-de-semana, o Sertanense joga no terreno da União de Leiria, actual primeira classificada desta fase de permanência (soma 12 pontos). O Sertanense é terceiro, com nove pontos.

Ficha de jogo

Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos
Árbitro: Fábio Piló (Leiria)
Sertanense: Ravi Paschoa, Tito Júnior, Rúben Freire, Danilson, Kelvin, Grinood, Sérgio Uolu, André Romão (Vítor Martelo, 70’), Neymar Canhembe (Angola, 64’), Ká e Mauro
Lusitânia dos Açores: Diogo Medeiros, Alex Spencer, Celso, Filipe, Samuel Moniz, Ricky Costa (Manel Mont’Alverne, 62’), José Dias, Pedro Rocha (Rodrigo Papixa, 75’), Diogo Picanço, Evandro Marreta e Pedro Melo

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Equipas jovens do Sertanense com excelente comportamento nos seus campeonatos



As equipas das camadas jovens do Sertanense têm rubricado um excelente comportamento nos campeonatos distritais em que estão envolvidas, durante esta temporada. Juniores e iniciados estão a lutar directamente pelo título de campeão, mas os juvenis e infantis merecem igualmente uma palavra pelas provas até agora realizadas.

Os iniciados do Sertanense estão com ‘sinal mais’ esta época. Depois de terem descido dos campeonatos nacionais na época transacta, a equipa regista um pecúlio impressionante no distrital desta época. Na primeira fase, o Sertanense foi segundo classificado, atrás da AD Estação, tendo somado sete vitórias e uma derrota (32 golos marcados e oito sofridos). Já na fase de apuramento do campeão, os iniciados sertaginenses comandam a prova, com 15 pontos (cinco vitórias em cinco jogos) e têm já uma vantagem de seis pontos para o segundo classificado, a AD Estação, quando faltam apenas quatro jornadas para o fim do campeonato.
Por seu lado, os juniores terminaram a primeira fase no comando do distrital, em igualdade pontual com o Belmonte (20 pontos em nove jogos – seis vitórias, dois empates e uma derrota; 23 golos marcados e cinco sofridos). Na fase final da competição, o Sertanense está na terceira posição, com sete pontos (menos cinco que o líder Sporting da Covilhã) mas menos um jogo.
A formação de juvenis obteve um excelente lugar na primeira fase do distrital (15 pontos correspondentes a quatro vitórias, três empates e quatro derrotas; 32 golos marcados e 17 sofridos), porém foi insuficiente para se qualificar para a fase de apuramento do campeão. Os jovens da Sertã disputam actualmente a fase de apuramento do 7.º ao 12.º classificado, liderando com 12 pontos (quatro vitórias e uma derrota).
Os infantis do Sertanense estão este ano em duas variantes (fut9 e fut7). Na variante de futebol de 9, os sertaginenses foram terceiros classificados na primeira fase (17 pontos correspondentes a cinco vitórias, dois empates e duas derrotas; 20 golos marcados e 12 sofridos) e garantiram a presença na fase de apuramento do campeão: neste momento, ocupam a quinta posição, não tendo amealhado ainda qualquer ponto (quatro derrotas em quatro jogos).
No futebol de 7, os infantis do Sertanense disputam o campeonato distrital (uma fase a duas voltas), estando posicionados no sétimo lugar, com 24 pontos (oito vitórias e cinco derrotas; 38 golos marcados e 30 sofridos).

Uma referência final também para as equipas de benjamins, petizes e traquinas do Sertanense, que têm participado em diversos encontros distritais.
Aqui ficam os nossos parabéns a todas as equipas jovens pelas excelentes prestações até ao momento e aproveitamos para deixar uma palavra de incentivo e agradecimento a todos os técnicos, jogadores, dirigentes, sócios e aos pais e familiares dos jovens.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Sertanense joga fase de permanência do Campeonato de Portugal a partir de 12 de Fevereiro

O Sertanense ficou a conhecer, no passado sábado, o calendário da fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E). Em virtude das alterações introduzidas pela Federação Portuguesa de Futebol na prova, esta segunda fase terá um figurino ligeiramente diferente das edições anteriores, visto que algumas equipas foram mudadas de série, daí resultando novos emparelhamentos. A ideia é que não se repitam novamente os mesmos adversários. Assim, na série do Sertanense alinham as formações do Angrense, Lusitânia dos Açores, Gafetense, União de Leiria, Ginásio de Alcobaça, Benfica de Castelo Branco e Sporting Ideal.
Em termos de calendário, o Sertanense inicia a prova no dia 12 de Fevereiro, recebendo em casa o Lusitânia. Os jogos seguintes são: União Leiria (fora – 19 de Fevereiro), Benfica de Castelo Branco (casa – 26 de Fevereiro), Angrense (fora – 5 de Março), Gafetense (casa – 12 de Março), Ginásio de Alcobaça (fora – 19 de Março) e Sporting Ideal (fora – 26 de Março).
Na segunda volta, mantém-se a mesma ordem de jogos, alterando-se apenas a disposição casa/fora.

Nesta fase de permanência, as equipas partem com 25% dos pontos conquistados durante a primeira fase.

Sertanense alvo de destaque em programa da Antena 1

Quando faltavam duas jornadas para o término da primeira fase do Campeonato de Portugal Prio (Série E), a equipa do Sertanense foi destaque no programa da Antena 1, Futebol de Lés a Lés.

O programa dedicado ao Sertanense foi emitido no dia 22 de Janeiro de 2017 e aqui deixamos para memória futura o registo de áudio do mesmo. 
http://www.rtp.pt/noticias/futebol-nacional/futebol-de-les-a-les_a976939

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

18.ª jornada do Campeonato de Portugal Prio (Série E): Fátima 2-1 Sertanense



O Sertanense não conseguiu apurar-se para a fase de subida à Segunda Liga, depois de ter perdido este domingo em Fátima. Apesar da derrota, a formação sertaginense saiu de cabeça erguida e demonstrou ser uma das melhores a militar nesta Série E do Campeonato de Portugal Prio.
O desafio até começou bem para os comandados de Gonçalo Monteiro, que se adiantaram no marcador aos oito minutos, por intermédio de Mauro. O sonho ficava mais perto de se concretizar.
Todavia, a resposta do Fátima não se fez esperar e o empate surgiu à passagem do minuto 20, com Mamadi Thiaw a introduzir o esférico na baliza de Ravi Paschoa.
A partir daí, o Sertanense arriscou tudo em busca da vitória (o único resultado que interessava, face ao andamento dos outros jogos) mas a sorte não esteve do lado do conjunto da Sertã.
Os fatimenses aproveitaram-se disso e Zé Miguel (que alinhou no Sertanense em 2014/15) desferiu o golpe de misericórdia nas aspirações sertaginenses de chegar à vitória, colocando a formação da casa à frente do marcador.
Em face da classificação, o Sertanense vai agora disputar a fase de permanência do Campeonato de Portugal Prio (Série E), cujo sorteio decorre no próximo dia 4 de Fevereiro. As equipas presentes iniciam esta competição com 25% dos pontos amealhados na primeira fase. Descem directamente aos campeonatos distritais os dois últimos classificados, enquanto o terceiro pior classificado terá de disputar um play-off de manutenção.

Ficha de jogo

Estádio Municipal de Fátima
Árbitro: José Almeida (Lisboa)
Fátima: Valerio Vimercati, Laranjeiro, Tiago Rosa, Bruno Simão, Nélson Sousa, André Sousa, Mauro, João Martins (Jorge Neves, 82’), Mamadi Thiaw (Hamza Jouini , 66’), Ulisses (Ibrahima Balde, 66’) e Zé Miguel
Sertanense: Ravi Paschoa, Tito Júnior, Rúben Freire (Ruizinho, 70’), Danilson, Pedro Machado, Kelvin, Grinood, André Romão, Vítor Martelo (Neymar Canhembe, 60’), Ká e Mauro
Golos: Mauro (8’), Mamadi Thiaw (20’) e Zé Miguel (67’)

sábado, 28 de janeiro de 2017

17.ª jornada do Campeonato de Portugal Prio (Série E): Sertanense 1-3 Operário



O Sertanense esteve com um pé na fase de subida do Campeonato de Portugal Prio, mas uma ponta final para esquecer diante do Operário adiou para a última jornada, em Fátima, as contas do apuramento. A formação sertaginense só depende de si para garantir esse desiderato – se ganhar é apurado e até pode empatar caso nenhum dos seus opositores directos vença.
No jogo do último domingo, o equilíbrio foi a tónica dominante, numa partida em que o Sertanense até começou por dispor das melhores oportunidades. O conjunto orientado por Gonçalo Monteiro adiantou-se no marcador à passagem do minuto 57, por intermédio de Vítor Martelo.
Porém, os dez minutos finais da partida foram terríveis para o Sertanense, que viu o Operário marcar em três ocasiões: Gonçalo Reyes (82´), Hugo Ventosa (84’) e João Brum (90’+4).
O jogo de todas as decisões acontece este domingo em Fátima, a partir das 15 horas. O adversário desta partida já garantiu a passagem à fase de subida, agora resta ao Sertanense tentar fazer o mesmo.

Ficha de jogo

Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos
Árbitro: António Costa (Aveiro)
Sertanense: Ravi Paschoa, Kelvin, Grinood (Ruizinho, 80’), Mauro, Pedro Machado, André Romão, Danilson, Rúben Freire, Tito Júnior, Vítor Martelo e Ká (Neymar Canhembe, 72’)
Operário: Rodrião, Hugo Ventosa, Paulo Renato, Hugo Simões (Jorginho, 71’), Patrício, João Jesus, Gonçalo Reyes, Dani, Bata, Fábio Gomes e Abudu (João Brum, 62’)
Golos: Vítor Martelo (57’), Gonçalo Reyes (82´), Hugo Ventosa (84’) e João Brum (90’+4)

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

16.ª jornada do Campeonato de Portugal (Série E): Sertanense 2-0 Vitória de Sernache



O Sertanense deu um passo importante rumo à fase-final do Campeonato de Portugal Prio. No desafio deste fim-de-semana, os sertaginenses derrotaram (2-0) os vizinhos do Vitória de Sernache e ficaram mais próximos da fase que permite lutar pela subida à II Liga.
Após uma primeira parte sem golos, a equipa orientada por Gonçalo Monteiro adiantou-se no marcador à passagem do minuto 56, quando Pedro Machado subiu mais alto que os defesas contrários e marcou de cabeça, dando o melhor seguimento a um livre cobrado momentos antes.
O conjunto da Sertã pressionou ainda mais o último reduto vitoriano e numa dessas incursões ganhou uma grande penalidade, que Mauro tratou de converter em golo.
Até ao fim da partida, o Sertanense controlou a partida e garantiu, assim, três pontos preciosos. No próximo fim-de-semana, os sertaginenses voltam a jogar em casa, desta vez com o Operário, e uma vitória pode deixá-los ainda mais perto da desejada luta pela subida, quando faltam apenas duas jornadas para o término desta primeira fase.

Ficha de jogo

Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos
Árbitro: Rui Soares (Santarém)
Sertanense: Ravi Paschoa, Tito Júnior, Rúben Freire, Danilson, Pedro Machado, Kelvin, Grinood (Neymar Canhembe, 6’), Angola (André Romão, 64’), Vítor Martelo (Ruizinho, 77’), Mauro e Ká
Vitória de Sernache: Fernando, Ricardo Santos, Marco Grilo, Apollo Razak, Paulo Freitas, Jorginho (Gonçalo Pessoa, 55´), Nikiema, Júlio César (Fabiano, 80’), Felipe Silva, João Henriques e Diallo
Golos: Pedro Machado (56’) e Mauro (79’)